Terry O'Neill | Rock Stars

Terry O’Neill é um dos fotógrafos mais colecionados atualmente, com obras em museus e coleções privadas através do mundo.
Nenhum outro fotógrafo capturou tantas celebridades em diferentes gerações. De Winston Churchill à Nelson Mandela, ou Elvis Presley à Amy Winehouse.
Terry ainda fotografou os Beatles e os Rolling Stones no princípio da carreira, e foi um dos pioneiros em fotografias de backstage, clicando Elvis Presley, David Bowie, Elton John, The Who, Eric Clapton, Chuck Berry e muitos outros.

A Exposição:

Lembra daquela época em que todos tinham cabelos longos, faziam canções de protestos ou canções do diabo? O Rock era uma contestação e os jovens se viam vestidos em casacos de couro a entoar hinos no mundo inteiro. I can’t get no satisfaction... Quem não quis ser rock star, ou ao menos seguir estas maníacas divindades sem preceitos? Toda uma vida em um dia. But i try, But i try, But i try...
Lembra das imagens na televisão, nos jornais, nos toca-discos? De uma lado estávamos nós, os fãs, sonhadores. You may say i’m a dreamer... Do outro estava aquele que por muitos anos passou a ser os olhos de uma geração em uma sociedade onde a informação ainda navegava pausadamente: o fotógrafo.

Terry O’neill esteve onde muitos queriam estar. Fotografou os Beatles desde o início da carreira, acompanhou os Rolling Stones, conheceu Elvis Presley, David Bowie, Jimmy Page, Elton John e não parou até Amy Winehouse. Ele foi o semeador de quimeras em muitos dos que seguiam suas rock bands a distância e se comunicavam por cartas com seus ídolos. Não é exagero dizer que foi Terry quem criou a imagem do Rock no imaginário de muitos dos adolescentes dos anos 60 na américa do sul. Quem não se lembra da capa do Album “A single Man”, com Elton John vestido com seu sobretudo e cartola, ou da foto de David Bowie com seu cachorro em “Diamond Dogs, 1974”.

As obras refletem mais de 40 anos de fotografia, de um profundo comprometimento e uma amizade com Rock Stars que persiste até hoje. Nos perguntamos durante anos o que atraia o contemplar dos nossos ídolos, para onde se direcionavam os olhares. Nas imagens, todos viam Terry O’Neill.