Maxi Cohen | Ladies Rooms Around the World

Ladies Rooms Around The World - “Banheiros femininos através do mundo”
Quando criança, os banheiros femininos eram o esconderijo favorito de Maxi Cohen. Um santuário de isolamento em um mundo densamente povoado. Era no toalete que Maxi improvisava seus discursos, ensaiava sua espontaneidade ou simplesmente desaparecia dos olhares mundanos.
Em 1978, no Festival de Cinema de Mimi, a artista lançava seu primeiro documentário de longa-metragem, Joe e Maxi, um filme sobre a sua relação com o pai. Para escapar do tedioso jantar de premiação no salão de um hotel, Maxi recorreu ao banheiro feminino. Encantada com os octogenários ajustando seus espartilhos e cílios postiços , ela pegou sua câmera e começou a fotografar esta dança que acontecia dentro daquele templo de porcelana e prata. Assim começou sua jornada com a série “Ladies Rooms Around The World” - da Austrália à Zâmbia, Bombay à Bósnia, do Rio de Janeiro a Tel Aviv.
Explorando este curioso universo, desconhecido pelos homens, Maxi Cohen começou a considerar questões importantes que eram reveladas pouco a pouco: “O que normalmente sabemos sobre o mundo é aprendido através das palavras e ações dos homens . Mas e se o silêncio das mulheres, cujas percepções são muitas vezes diferentes, fosse quebrado e nós começamos a ver o que está escondido dentro deste discurso?” questiona a artista. Este questionamento foi o impulso para o começo das filmagens sobre à série. Os documentários complementavam as fotografias.
“Na década de 1990 , entrei em um bar aborígene no interior australiano . Um par de mulheres me chamou para sentar com elas. Temendo os ouvidos masculinos, as mulheres me arrastaram para o banheiro feminino para falar sobre o incesto e estupro de meninas e meninos na comunidade. Esse foi o primeiro vídeo que eu fiz em um banheiro feminino.” conta Maxi Cohen
Entre 1978 e 2011 a artista seguiu documentando banheiros em muitos mais locais, de diferentes línguas e estilos, capturando momentos vulneráveis e confissões íntimas que vão desde o sexo ao adultério, do poder ao abuso, da moda à fama e do horror ao deleite.